• Elaine de Oliveira

Conheça Alentejo, uma das rotas de vinho mais belas em Portugal

Atualizado: Mai 3

Portugal é o destino da vez para quem curte moda, design, gastronomia e é claro, vinho! Fora o hypado trecho Lisboa-Porto, o país guarda verdadeiras pérolas, principalmente para os apreciadores do vinho.

O Alentejo é um desses lugares e, sem dúvida, uma das regiões vinícolas mais belas de Portugal. Com paisagens bucólicas, são horizontes de sobreiros – a árvore da qual se tira a cortiça para fazer rolha – azinheiras, oliveiras e vinhedos a perder de vista. Estive lá há três semanas, bem no meio do verão europeu e até lindos campos de girassóis tive a sorte de encontrar pelo caminho.

Campo de girassóis no meio da estrada

Claro que, sendo sommelière, meu foco no Alentejo era conhecer as vinícolas da região e me aprofundar na vinificação local para conhecer e entender as particularidades dos vinhos que fazem por lá.

Capela da Quinta Dona Maria (Foto: Divulgação)

Capela da Quinta Dona Maria

Localizado a menos de 100km de Lisboa, possui oito sub-regiões DOC (Denominação de Origem Controlada): Borba, Évora, Granja-Amarela, Moura, Portalegre, Redondo, Reguengos e Vidigueira. Cada uma delas com personalidade singular fazendo vinhos totalmente diferentes, extraindo o melhor do terroir de cada local. Portugal possui mais de 250 uvas nativas diferentes e, conhecendo o Alentejo, se prepare para se surpreender com nomes de uvas que jamais ouviu falar na vida. O ideal é alugar um carro ou contratar o serviço de um motorista para poder conhecer a região toda. A melhor cidade para se hospedar é certamente Évora, que fica numa região mais central, além de ser uma cidade linda, pitoresca e com ótimas sugestões de hospedagem e restaurantes. Existe um local na cidade chamado Rota dos Vinhos do Alentejo. Vá lá e eles irão te ajudar em exatamente tudo o que é preciso em relação as vinícolas. Cedem mapas, preparam programas para visitas às adegas, provas de vinhos e tudo o que for necessário de suporte para que o seu tempo seja melhor aproveitado.

Sobreiro na estrada, em Alentejo (Foto: Divulgação)

Sobreiro na estrada, em Alentejo

Uma das vinícolas que mais me encantou por la foi a José de Sousa. Eles possuem um local somente para as ânforas de barro – que lá eles chamam de talha – utilizadas na vinificação dos seus vinhos. Foi outro lugar que me emocionei. Os vinhos são todos de impressionar, do mais simples ao mais top deles. E caso você tenha sorte, também conseguirá provar o famoso vinho de talha que eles produzem, aí vai conseguir entender o porquê da minha emoção.

Fora os vinhos impressionantes do Alentejo, a gastronomia do local é muito rica e dessas que a gente precisa fazer dieta antes de viajar, porque não dá vontade de parar de comer. Não deixe de provar o queijo de Évora, a açorda alentejana, enchidos e plumas de porco preto, amêijoas, cogumelos locais, pezinhos de porco de coentrada, lebre assada e os doces locais é claro, que são um capítulo à parte de tão maravilhosos.

Vinhedo da Herdade do Mouchão (Foto: Divulgação)

#josemariadafonseca #josedesousa #vinhoalentejano #portugal #alentejo #vinhoportugues #vinho #wine #anfora

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo